Notícias

A ver os posts marcados Fluke

ENTREVISTA EXCLUSIVA: Jim Davis, diretor de Vendas da América Latina da Fluke Networks

Diretor de Vendas da América Latina da Fluke Networks e membro de diversos comitês de padrões de cabeamento internacionais, somando mais de 25 anos de experiência na indústria de cabeamento, Jim Davis, ministrou treinamento no Grupo Policom, direcionado a profissionais que realizam instalação de redes de cabeamento e focado em certificação. Na ocasião, foi entrevistado pelo Cabling News.

Confira!

 

Quando falamos em certificação, há sempre duas vertentes: a da rede e a dos profissionais responsáveis pela instalação do cabeamento estruturado ou óptico. Focando inicialmente na rede, qual a importância da certificação?

A certificação do cabeamento é vista por muitos como custo, mas, na realidade, é uma garantia de que o cabeamento está corretamente instalado e que o cliente está recebendo o que está pagando. É uma garantia para todos os envolvidos no projeto.

E a certificação do profissional, qual sua importância?

Uma equipe formada por profissionais com conhecimento técnico dos certificadores de rede configura corretamente o equipamento de testes e leva em conta as diferenças entre medições de canal e de enlace permanente, entre outros aspectos, com ganhos de tempo e de produtividade. Estudo realizado pela Fluke mostrou os gargalos nas medições, que levam à perda de tempo, e as correções implementadas possibilitaram redução de tempo de 12 segundos para 8 segundos por teste. Individualmente parece pouco, mas, em instalações Cat 6A, esses 4 segundos fazem diferença. No entanto, esses ganhos só são possíveis com profissionais treinados e certificados, pois a certificação amplia o conhecimento técnico do profissional e a eficiência do trabalhador.

O DTX está saindo do mercado e sendo substituído pela família Versiv, mas nota-se resistência à substituição, pois há um parque instalado em perfeitas condições de uso...

Os equipamentos da Fluke Networks são conhecidos por serem muito robustos e resistentes. O DTX foi lançado em 2003, e o mercado e a tecnologia evoluíram muito de lá para cá. O DTX está sendo descontinuado por falta de componentes e até de cartão de memória com menos de 2 GB. Além disso, os componentes do DTX não seguem o requerimento mundial ROHS. Em vez de fazermos alterações no projeto e gastar dinheiro com substituição de componentes, optamos por desenvolver uma plataforma que acompanhe a evolução da tecnologia. Assim, surgiu a linha Versiv, que traz ganhos tecnológicos importantes, que se refletem em mais agilidade e produtividade, além de integração com a nuvem, gratuitamente, o que impede a perda de dados e favorece o uso de configuração customizada para grandes obras com mais de um certificador, a configuração arquivada na nuvem é automaticamente transmitida para as máquinas. Além disso, a cada novo firmeware, a atualização é automática e gratuita.

A plataforma Versiv tem integração com a CommScope. Como funciona essa parceria?

Trabalhamos muito de perto com a CommScope para medições de fibra e incorporamos a calculadora de perda de enlace (ou Link Loss Calculator) Systimax) ao conjunto de teste de perda óptica CertiFiber Pro, da Fluke Networks, e ao serviço de nuvem LinkWare Live. A parceria traz ganhos importantes para o integrador e o cliente final, pois, em uma instalação com tecnologia CommScope, o integrador coloca os dados e os componentes utilizados e o certificador avisa se os resultados obtidos são aceitáveis ou não.

Como vê o mercado atual?

É muito crescente a instalação de data centers até porque eles têm de estar fisicamente próximos ao usuário, pois não é viável ter um só data center onde a energia é mais barata, mas longe das pessoas. Por isso, tende a ter mais obras, aumentando a necessidade de certificação.

 

 

Webinar Fluke Networks. O que é realmente preciso para testar uma fibra óptica.

Dia 27 de Setembro de 2018 a partir das 9h, a Fluke Networks promoverá webinar gratuito com o tema "O que é realmente preciso para testar uma fibra óptica". Os participantes irão entender os diferentes tipos de testes e como tirar proveito de cada um deles para as suas necessidades.

O webinar será conduzido por Richard Landim, Product Sales Specialist do fabricante. A inscrição gratuita pode ser feita neste link.

Se se você quer se tornar um verdadeiro especialista em certificação e testes de redes de cobre e fibra, conheça a certificação CCTT FLUKE NETWORKS, na qual clientes do GRUPO POLICOM tem 5% de desconto. Confira neste link.

Fluke Day no Grupo Policom

No dia 25 de setembro, das 9h às 12h, o Grupo Policom e a Fluke do Brasil realizam o Fluke Day, um evento técnico-comercial voltado à apresentação de novidades em certificações e testes de redes de dados e elétrica.

Na programação estão duas palestras exclusivas: Atualizações em normas para certificação de cobre e fibra, ministrada por Jim Davis, diretor de vendas para América Latina da Fluke Networks; e Soluções Fluke para Eficiência Energética, a cargo de Carlos Cruz, engenheiro de aplicações do Grupo Policom.

Inscrições gratuitas em www.grupopolicom.com.br/agenda

Fluke anuncia novo Gerente Nacional de Vendas

Rodrigo Cunha, que atua no Grupo Fortive desde 2014, assume o desafio de liderar a operação comercial no Brasil das divisões industrial, networks e de calibração

Comprometida com o objetivo de fortalecer a sua posição de liderança no mercado de teste e medição e aprimorar o desenvolvimento e adoção de suas inovadoras ferramentas, a Fluke nomeia Rodrigo Cunha para a Gerência Nacional de Vendas. Com quase 20 anos de experiência na área industrial, o executivo é graduado em Engenharia Elétrica pela Mauá e pós-graduado em Administração de Empresas com ênfase em finanças pela FGV. Nos últimos cinco anos, Cunha passou por duas empresas do Grupo Fortive, sendo quatro anos na Fluke e um ano na Tektronix. Sua experiência anterior inclui organizações renomadas como Ericsson, AON Warranty e Apex Tools.

Cunha possui sólida experiência e assume a posição com a intenção de alavancar ainda mais a área de vendas da companhia. Para alcançar seus objetivos e metas de crescimento, o executivo planeja estreitar ainda mais o relacionamento com a rede de distribuidores, impulsionando o desenvolvimento técnico de seus especialistas e aumentando a geração de demanda dentro dos canais de vendas. “Estar próximo do distribuidor e do usuário de nossas soluções nos aproxima de suas necessidades, deixando-nos ainda mais atentos para atender de maneira estratégica e assertiva cada região e segmento de mercado”, enfatiza Cunha.

No Brasil, a Fluke conta com uma equipe de 70 distribuidores, mais de 2000 produtos comercializados e 200 pontos de venda. A companhia pertence ao Grupo Fortive, conglomerado independente, de capital aberto, que reúne um grupo de empresas líderes em seus mercados que representam um faturamento global da ordem de US$ 6.2 bilhões.

De acordo com o novo Gerente Nacional de Vendas, “a Fluke passa por uma reestruturação e se alinha cada vez mais às principais tendências de mercado. Deixamos de focar no produto e passamos a enfatizar soluções, embutidas em conceitos macro como indústria 4.0, eficiência energética, manutenção preditiva, entre outros”.  Para Cunha, um desafio adicional será buscar este crescimento contínuo em um cenário de incertezas políticas e econômicas, especialmente em relação à variação do dólar. Os setores de Oil&Gas, energia, datacenter, mineração, siderurgia e automotivo, seguem como prioritários.

Fluke do Brasil participa da Fenasucro & Agrocana

Objetivo é fortalecer relacionamento com setor sucroenergético e com integradores de redes de dados e de automação industrial

      

Líder  mundial em Instrumentos e ferramentas de teste e medição, equipamentos para calibração, a Fluke do Brasil esteve presente na edição 2018 da Fenasucro & Agrocana, realizada de 21 a 24 de agosto, no Centro de Eventos Zanini, em Sertãozinho (SP).

De acordo com Rodrigo Cunha, gerente Nacional de Vendas da empresa, “historicamente participamos da Fenasucro & Agrocana pelo potencial da região e pela oportunidade de nos aproximarmos ainda mais das empresas, das usinas de açúcar e álcool e dos prestadores de serviços da região”.

Para atender seus objetivos, a Fluke do Brasil destacou em seu estande produtos voltados à manutenção preditiva e análise de vibrações, que compõem a linha da Fluke Industrial, e especificadores de rede da linhas DSV, além de certificadores Versiv, entre outros itens do portfólio da Fluke Networks.

O Grupo Policom é o maior distribuidor Fluke Networks para o mercado brasileiro e mantém equipe focada no atendimento de parceiros no interior do Estado de São Paulo e corpo técnico especializado nas soluções da Fluke do Brasil, seja na linha Industrial, seja nos certificadores das linhas DSX e Versiv.

A feira é uma realização do Centro Nacional das Indústrias do Setor Sucroenergético e Biocombustíveis (CEISE Br), organizada e promovida pela Reed Exhibitions Alcantara Machado. Durante os quatro dias, segundo a organização, o evento superou as expectativas, tendo recebido mais de 40 mil visitantes e gerado negócios ao redor de R$ 4 bilhões. Na área do conhecimento, foram 5 mil congressistas e 370 palestrantes em uma programação que contou com mais de 350 horas de eventos de conteúdo. Em 2019, a Fenasucro & Agrocana já tem data marcada: 20 a 23 de agosto.

Grupo Policom comemora resultados do primeiro semestre

Estatísticas mostram evolução em novos mercados e novas marcas

O ano de 2018 levou o Grupo Policom a buscar novos desafios e reestruturar sua operação, inclusive revendo parcerias e marcas distribuídas. Os resultados consolidados do período de janeiro a junho mostram a assertividade da decisão: crescimento e desenvolvimento de novos mercados, sem perder espaços conquistados ao longo de quase 30 anos de atividades.

“Neste primeiro semestre do ano cresceram as vendas de soluções de parcerias mais recentes, fechadas a partir de 2016, quando comparadas ao mesmo período de 2017. Como exemplos, podemos citar a comercialização de soluções Vault, 119%; Netscout, 66%; e Nexans, 61%, além das soluções TP-LINK e Fluke Industrial, que embora estejam no portfólio há pouco menos de dois anos, já apresentam números consistentes”, comenta Luís Fernando M. de Oliveira, presidente do Grupo Policom.

Também estão sendo comemorados os resultados do primeiro semestre de 2018 por verticais, quando comparado aos seis primeiros meses de 2017. As soluções de infraestrutura de cabeamento estruturado – atividade em que o Grupo Policom é referência nacional – representou 66% das vendas, enquanto sistemas para CFTV IP ficou com 13% do total, com os restantes 21% sendo compartilhado entre as demais soluções, a exemplo de Fluke, Brady, APC, Racks etc.

Essas conquistas, de acordo com o presidente e do Grupo Policom, resultam de diversas iniciativas da empresa, com especial atenção “à diversificação da linha de produtos, dedicação a novos mercados, como eficiência energética, e o constante investimento na qualificação de nossos times”.

Webinar de Lançamento das Câmeras Termográficas Fixas RSE300 e RSE600

No próximo dia 31 de Julho de 2018 às 10h30, a Fluke do Brasil vai promover o "Webinar de Lançamento das Câmeras Termográficas Fixas RSE300 e RSE600". 

Quando há mais sobre o infravermelho do que parece à primeira vista. Apresentamos as primeiras câmeras de infravermelho da Fluke com suporte e totalmente radiométricas: a série RSE.

Faça a sua inscrição gratuita AQUI.

Para conhecer a linha de produtos FLUKE disponíveis no Grupo Policom, acesse este link.