Rede Systimax atende expectativas da Quip

15/05/2013 às 14:05

<A necessidade de aumentar e melhorar a qualidade da rede utilizada para transmissão de dados, imagem e voz, levou a Quip - empresa especialista em implantar projetos sob a modalidade EPC (sigla em inglês para Engenharia, Procura e Construção) no mercado de construções offshore - a investir em uma rede Categoria 6 em sua nova unidade no Rio de Janeiro. Aproveitando a oportunidade, a empresa atualizou a unidade principal, que era Categoria 5e.

O ganho em performance favoreceu algumas aplicações e rápida implementação de novos serviços de comunicação unificada, a exemplo de ERP, maquetes 3D, VoIP, comunicação ponto a ponto e outros serviços fundamentais a uma empresa que tem como meta superar resultados no mercado de projetos off shore, por meio da performance diferenciada pela competência técnica e de gestão, e pelo foco do cliente.

O principal desafio foi a compatibilização do preço com o orçamento, frisa Paulo César Pinto, gerente de Tecnologia da Informação da Quip. Nesse ponto, a parceria mantida com a Fabrício Mendonça Eletrotécnico, há alguns anos, como fornecedora de soluções de rede, levou à  escolha pela tecnologia de cabeamento estruturado Systimax Categoria 6, fabricado pela CommScope® Enterprise Solutions, líder mundial em sistema de cabeamento estruturado através das linhas SYSTIMAX® e UNIPRISE. Os materiais foram fornecidos pelo Grupo Policom®, referência no mercado nacional de distribuição de produtos para Cabeamento Estruturado direcionados a aplicações de dados, voz, vídeo e controles prediais, e para CFTV IP.

De acordo com Pinto, a boa qualidade do material e a performance obtida, somados à  relação custo-benefício positiva, atenderam as expectativas e possibilitaram a inclusão dessas novas tecnologias de imagem e voz na rede corporativa.

No total são aproximadamente 1300 pontos de rede e 600 pontos de voz, distribuídos por três sites em prédios distintos, localizados na região central do Rio de Janeiro, sendo que em cada site foi criado um data center. O conjunto da implantação dos três sites empregou de mais de 60 mil metros de cabos Systimax categoria 6 e oito racks Top Solution G3, fabricados pela Knà¼rr seguindo projeto exclusivo do Grupo Policom.

Sobre a Quip

Criada em 2005, a Quip (www.quip.com.br) foi inicialmente formada como uma sociedade entre as empresas: Construtora Queiroz Galvão, UTC Engenharia e IESA Oleo e Gas. Depois, o grupo Camargo Corrêa também se tornou acionista da QUIP. Por reunir conhecimento e experiência em um dos setores mais tecnicamente exigentes da economia brasileira (à“LEO e GàS), a empresa iniciou suas atividades com um desafio: a construção da plataforma de petróleo offshore P-53, para a Petrobras. Tendo reunido um grupo importante de profissionais especialistas em cada uma das fases que compõe a modalidade EPC (Engineering, Procurement and Construction), a QUIP assumiu a responsabilidade do desenvolvimento da engenharia de detalhamento, do suprimento, incluindo alem das compras de componentes, a supervisão dos fornecedores e naturalmente a construção e montagem, o comissionamento, os testes de desempenho e quando necessário, a operação assistida. Sendo considerada hoje como uma das mais bem sucedidas "EPCistas" do país, a QUIP atende ao mercado de construções offshore com a qualidade exigida nos padrões internacionais. Em cada contrato, a empresa oferece um pacote completo de soluções eficientes, duradouras, com menores riscos e atendendo aos cada vez mais reduzidos prazos de completação. Hoje os desafios da QUIP foram estendidos com a contratação das plataformas P-55 para a Petrobras e P-63 para o JV Petrobras - Chevron. Com a experiência adquirida nestes projetos, a QUIP tem o orgulho de ser a primeira empresa EPCista 100% brasileira a desenvolver o projeto básico de uma plataforma.